A Ilha da Imaginação

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Garota que mora com o pai cientista numa ilha isolada pede ajuda à autora de seus livros preferidos, com quem trocou e-mails. A autora, que tem fobia de sair de casa, deve enfrentar seus medos.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

17/07/2008

Jodie Foster larga a pele de Erica Bain, a traumatizada vingadora que viveu em Valente (2007) (lançado diretamente em dvd no Brasil) para encarnar Alexandra Rover, uma escritora fragilizada, que não consegue sair de casa há meses. Por ironia, ela é rica e famosa justamente pela série de livros que escreveu sobre um grande aventureiro que tem seu nome, Alex Rover. Nesses livros, o protagonista viaja pelo mundo todo e enfrenta todo tipo de perigos. Bem ao contrário da verdadeira Alex, que se mostra incapaz de ir até a porta de casa recolher as cartas da caixa de correio.

Os livros de Alex têm uma grande fã, que mora numa ilha perdida no Oceano Pacífico. Trata-se de Nim (Abigail Breslin), uma garota de 12 anos, órfã de mãe e que mora com o pai cientista, Jack (Gerard Butler).

Pelo tipo de vida totalmente oposto que levam, estas pessoas nunca deveriam a se conhecer. Por acaso, a escritora, em pleno bloqueio criativo, precisa de informações sobre vulcões – que foi o último local perigoso em que jogou seu herói literário. Como Jack escreveu um artigo sobre isso, ela lhe envia um e-mail. Justamente nesse momento, o cientista anda perdido no mar. Como a escritora assina “Alex Rover”, a menina resolve pedir-lhe ajuda.

A idéia de uma criança sozinha numa ilha no meio do oceano, com um pai perdido no mar, mexe com as emoções de Alexandra. A ponto de ela conseguir dominar o medo e preparar-se para uma grande viagem. Funciona bem como recurso na tela o fato de ela conversar o tempo todo com seu alterego, o personagem que criou. Talvez algumas crianças pequenas tenham dificuldade em entender a situação. Amigos imaginários costumam ser invisíveis. Sem dúvida, ver um deles na tela é um bom exercício para estimular sua imaginação.

Dentro de um figurino à la Indiana Jones, Gerard Butler assume também esse papel do herói destemido, que puxa Alex pela mão e a empurra para esta grande empreitada. Não seria fácil, ainda que se tratasse de uma viajante experiente. A moça vai encarar turbulência em aviões, jipes em estradas esburacadas, helicópteros. No final, vai mostrar-se tão corajosa quanto seu personagem, a ponto de remar um bote debaixo de uma enorme tempestade. Tudo para ajudar a menina desconhecida que pediu seu socorro.

Sozinha na ilha, ambiente que ela conhece como a palma da mão, Nim não se mostra assim tão indefesa. É capaz de subir em rappel num vulcão e muitas outras façanhas físicas para defender sua casa da invasão por um navio cheio de turistas. Escondida nas árvores, a menina recorre a armadilhas primitivas, lançando lagartos sobre o piquenique deles e até armando uma fumaceira dentro do vulcão, para encenar uma enorme erupção. Vale tudo para este paraíso natural ser preservado.

O enredo baseia-se no livro A Ilha de Nim, da autora canadense radicada na Austrália Wendy Orr, que está sendo lançado no Brasil.

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança