Ela Dança, Eu Danço

Ficha tcnica

  • Nome: Ela Dança, Eu Danço
  • Nome Original: Step Up
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: EUA
  • Ano de produo: 2006
  • Gnero: Musical, Romance
  • Durao: 103 min
  • Classificao: 12 anos
  • Direo:
  • Elenco:

Avaliao do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Pas


Sinopse

Uma jovem branca de classe média se envolve com um rapaz que está cumprindo pena alternativa na sua escola por ter depredado o prédio. Quando ela precisa de um parceiro de dança, ele é o único apto para a tarefa. A dança vai uni-los e ajudar a superar as divergências.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crtica Cineweb

07/12/2006

Cada geração tem o Footlose, Flashdance e Dirty Dance que merece. Para a juventude atual, que gosta de ser rebelde usando a camisa por fora da calça e a gravata frouxa, chega Ela Dança, Eu Danço, um romance água-com-açúcar e números de dança sem graça. Dirigido pela coreógrafa (ou seria coreografado pela diretora?) Anne Fletcher, o grande problema desse filme é nunca chegar a lugar nenhum, com sua alta carga de previsibilidade e ausência de charme e ousadia.

Não é preciso muito para se fazer um bom filme sobre dança, por isso chega a ser um grande mistério porque existem tão poucos bons produzidos nos últimos anos. O mais recente é Vem Dançar, estrelado por Antonio Banderas. O filme é ruim – mas, ao lado de Ela Dança, Eu Danço, até ganha uns pontos, por ter uma história minimamente interessante.

Aqui, o roteiro conta o óbvio sem a menor ousadia – nem mesmo um romance interracial é ensaiado. Os caucasianos amam e ficam com os caucasianos e os afro-americanos com os afro-americanos, para não gerar nenhuma polêmica. Os intérpretes desses personagens são um caso à parte. Quando se faz um filme como esse, surge a dúvida: chamar atores que saibam dançar ou dançarinos que atuem? A diretora tenta contornar a situação, e, no fim, ninguém atua e dança-se bem mal.

A história acompanha uma menina bem de vida que se apaixona por um rapaz meio delinqüente, que foi condenado por vandalismo a prestar serviços sociais na escola de arte onde ela estuda. Depois de desencontros iniciais, ela percebe que ele é o único que pode ajudá-la numa apresentação de dança. Um pra lá, dois pra cá, e, voilà, a dupla descobre que não pode viver um sem o outro. O que vem depois é meramente protocolar.

O grande problema de Ela Dança, Eu Danço nem é sua dose cavalar de previsibilidade, nem sua falta de originalidade com a câmera ou a montagem. O que mata de vez qualquer qualidade que o filme poderia ter é tratar o seu público como seres incapazes de pensar ou questionar. Ou alguém vai acreditar que aquele bando de jovens com os hormônios à flor da pele vai se contentar apenas com beijinhos no rosto?

Alysson Oliveira


Deixe seu comentrio:

Imagem de segurana