Fora de Rumo

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Charles (Clive Owen) e Lucinda (Jennifer Aniston) se conhecem no trem quando estão indo para o trabalho. Eles são casados, mas não contêm o desejo e pensam em passar uma noite juntos. Porém, antes de consumar a traição, o quarto é invadido por um bandido que espanca Charles e estupra a moça. Agora, além de tudo, o criminoso começa a chantageá-los.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

20/02/2006

A traição é um dos pecados mais punidos por Hollywood. Em clássicos como O Destino Bate a Sua Porta, Pacto de Sangue, ou nos mais recentes Atração Fatal e Infidelidade, o adultério resulta em algo muito mais perigoso do que simplesmente um divórcio. O ato impensado, o momento de desejo, passa a ameaçar a vida, e, no caso de Fora de Rumo, a conta bancária do casal, embora apenas um cônjuge tenha feito algo errado.

Fora de Rumo é a história de uma traição que dá muito, muito, muito errado, trazendo um problema enorme para os seus participantes, no caso o pai de família Charles Schine (Clive Owen, forjando até bem um sotaque norte-americano). A outra parte envolvida é a economista e mãe de família Lucinda Harris (Jennifer Aniston, tentando novamente se dar bem no cinema, e, de novo, não conseguindo). Eles se conhecem por acaso no trem que pegam todos os dias para o trabalho e começam a se interessar um pelo outro. O casamento dele não anda bem, o dela também está frio. E, depois de muito protelarem com alguns encontros no final da tarde, decidem ir a um hotel barato para algo mais intenso do que simplesmente tomar tequila no bar da esquina.

Porém, não dá nem tempo de tirarem as roupas e o quarto é invadido por um assaltante alucinado que espanca Charles deixando-o inconsciente e estupra Lucinda. Depois de algum tempo ele acorda e a encontra assustada, mas negando-se a ir à polícia ou ao hospital. Ele inventa uma desculpa que foi assaltado na rua para enganar a mulher e o chefe e pensa em deixar essa noite de desventuras para trás.

Porém, Philippe LaRoche (Vincent Cassel), o criminoso, não vai deixar barato. Entra em contato com Charles pelo celular e pede 20 mil dólares. Lucinda continua se recusando a prestar queixa e a situação vira uma bola de neve à medida que o montante do pedido aumenta e o francês ameaça a família do marido infiel.

Entra aí um dos, senão o maior, problema de Fora de Rumo: Jennifer Aniston. Supostamente, ela é uma femme fatale que consegue convencer Charles a cometer as maiores loucuras a fim de protegê-la – entre elas, limpar a conta bancária com dinheiro poupado há anos para o tratamento da filha diabética. Com seu jeito meigo e totalmente fora de lugar aqui, a atriz não trabalha as nuances de um personagem que justificaria todo o filme. Acredita-se que Lucinda tenha sérios conflitos morais, mas eles só existem na boa vontade da platéia, porque em momento algum isso transparece nos olhos da atriz. Isso fica ainda mais evidente quando Owen busca alguém com quem contracenar e o que ele tem a sua frente é apenas Jennifer Aniston.

O roteiro de Stuart Beattie (Colateral) é baseado no thriller homônimo de James Siegel. A direção é do sueco Mikael Håfström, que já teve um longa indicado ao Oscar de filme estrangeiro. O trabalho de nenhum dos três se destaca neste filme que perde o rumo antes mesmo de completar meia hora.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança