Penetras Bons de Bico

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

John Beckwith (Owen Wilson) e Jeremy Grey (Vince Vaughn) são dois penetras especializados em irem a casamentos sem serem convidados. Desfrutando da cerimônia e da festa, eles sempre acabam a noite na cama com uma convidada do casório. Mas isso irá mudar radicalmente quando um deles se apaixona pela irmã de uma noiva.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

02/09/2005

Existem dois filmes, pelo preço de um, em Penetras Bons de Bico. O primeiro, anárquico e mais divertido, é simplesmente uma comédia; já o segundo, uma comédia romântica, e é exatamente o que estraga o filme – além de meia dúzia de situações estapafúrdias que beiram o mal gosto e não acrescentam nada, nem risos.

A primeira parte do filme dá sentido ao título original “Wedding Crashers”, algo como os “Penetras de Casamentos”. John Beckwith (Owen Wilson) e Jeremy Grey (Vince Vaughn) são dois amigos que se especializaram em invadir casamentos que não foram convidados fingindo ser conhecidos dois noivos. Depois da cerimônia partem para festa onde se divertem e conquistam alguma garota com quem acabam passando a noite. E assim vai a vida. Até o dia em que John se apaixona de verdade por uma de suas presas. Aqui acaba o filme legal.

O filme babaca dentro de Penetras... é uma comédia romântica que mostra John tentando conquistar Claire (Rachel McAdams) e faze-la desistir do namorado mauricinho mas mau caráter (embora ela não saiba disso, claro). Tem também Jeremy tentando fugir de Gloria (Isla Fisher) a irmã ninfomaníaca de Claire que diz ter se apaixonado pelo rapaz.

E é esse o caminho que o previsível roteiro de Steve Faber e Bob Fisher trilha. Poderia até ser uma diversão agradável, mas o humor tipicamente juvenil da maior parte do filme invade o longa sem deixar espaço para o cinismo do início. Situações que já eram datadas e sem-graça nos idos dos anos 80 começam a pulular na tela, como a mãe de Claire mostrando os seios para seduzir John, ou o irmão homossexual reprimido tentando seduzir Jeremy. Tudo com muito mal gosto.

O que Penetras... é na verdade é um filme sobre dois sujeitos que são forçados a crescer, abandonar a diversão e construir uma vida familiar. E no ponto da virada o filme perde a originalidade e a graça. É uma pena que esses dois caras não possam continuar perdidos para sempre, levando essa vida desregrada e divertida. No fundo, o filme tenta ressaltar a importância dos valores familiares, do casamento. No fim, fica tão careta quanto o destino de seus personagens. É um preço caro a se pagar, mesmo quando em uma única sessão é possível ver dois filmes.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança