As Aventuras de Sharkboy & Lavagirl em 3D

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 34 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Max é um garoto deslocado na escola e não tem amigos. Vive no seu mundinho de sonhos, onde cria os personagens Sharkboy e Lavagirl. Eles são super-poderosos e moram numa outra dimensão. Mas quando o planeta deles está correndo o risco de ser destruído, as criaturas procuram Max para ajudá-las.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

20/07/2005

O que esperar de um filme que surgiu de uma idéia de uma criança de uns oito anos? Um filme imaginado por e para crianças dessa faixa etária. E é exatamente nisso que resulta As Aventuras de Sharkboy & Lavagirl em 3D. A idéia da história partiu de Racer Rodriguez o filho pequeno do diretor Robert Rodriguez (do aguardado Sin City), que tinha 7 anos quando o longa foi concebido por ele. Deixar que o filho banque o roteirista não é nenhum crime. O problema acontece mesmo é quando o pai transforma a fantasia do filho pequeno num filme que parece ter sido feito por uma criança de oito anos.

Crianças são conhecidas por sua vasta e prodigiosa criatividade, porém, enquanto o mundo delas pode ser povoado por uma enorme capacidade de inventar fantasias ainda lhes falta um certo discernimento entre aquilo que é realmente divertido para todos e aquilo que só nós achamos graça. E é isso que acontece com Sharkboy e Lavagirl. E Rodriguez, que parece ser um tremendo pai coruja, deixou o filho dar asas à imaginação e levou tudo isso para a tela, sem muito rigor – em outras palavras, sem pensar no resto da humanidade, que já passou dos dez anos.

Algumas crianças até poderão achar graça no filme – afinal, é feito para elas. Quem não vai gostar muito serão os pais que, além de ter que aturar o filme dublado (com pouco esmero, diga-se de passagem), serão obrigados a usar óculos 3D durante boa parte da sessão. Entra aí outro ponto que subtrai do filme. Enquanto algumas cenas em 3D podem ser divertidas, mais de dois terços do filme em terceira dimensão cansa e perde o encanto. Além do que, esse recurso acaba empobrecendo qualquer produção, afinal, ninguém mais presta atenção na história, nos personagens.

O próprio Rodriguez já provara que é possível fazer filme infantil sem excluir o público adulto com a sua série Pequenos Espiões - em especial o primeiro. Mas com Sharkboy e Lavagirl ele quer agradar mesmo só as crianças – e em especial à sua criança.

Fosse o filme feito como qualquer outro, ou seja, em 2D, seria bem mais divertido e menos cansativo – até para adultos. A história tem até momentos inspirados ao contar as aventuras de Sharkboy (Taylor Lautner) e Lavagirl (Taylor Dooley). No entanto, os dois não existem no mundo real, são apenas frutos dos sonhos de Max (Cayden Boyd). Ele é aquele tipo de garoto solitário, que não tem muita atenção dos pais – que vivem discutindo sobre problemas financeiros – e é o saco de pancadas dos mais fortes na escola. Por isso, o seu refúgio está nos seus sonhos, que ele anota e desenha num diário.

No entanto, as duas criaturas imaginadas por Max aparecem no mundo real e o levam para o planeta que ele criou, pois o mundo está preste a ser destruído e ele é a única pessoa que pode salvá-lo. O planeta é dominado pelo Sr. Elétrico(George Rodriguez), uma versão hardcore do professor Sr. Eletricidade, que dá aulas na escola de Max.

Pouco importa o que vai acontecer até o final ou como o filme vai terminar – se é que alguém não percebeu depois de dez minutos de projeção. O que é para ser visto é a criatividade dos Rodriguez para inventar um mundo cartunesco e surreal, onde bolhas perigosas ou tomadas desplugadas perseguem crianças. Mas tudo isso acaba ficando enfadonho graças aos efeitos 3D.

Enfadonha também é a lição do filme. Siga os seus sonhos, mas tenha certeza de que eles não são egoístas. Isso é até algo legal a se ensinar às crianças, mas não à exaustão como acontece no filme. É mais provável que Sharkboy e Lavagirl funcione melhor em DVD, sem as desnecessárias intervenções em 3D, e quando os pais podem deixar os filhos assistindo ao filme sozinhos.

Alysson Oliveira


Comente
Comentários:
  • 14/04/2012 - 16h56 - Por Micaelli gostei de assistir todos os filme



    gosto muito de vocesssssssssss
  • 21/06/2012 - 12h44 - Por beatriz como faço pra assistir as aventuras de sharkboy e lavagirl???
  • 12/07/2012 - 17h15 - Por Erica barbosa não dá pra ver se desse eu ia morrer de rir é engraçado rsrsrsrsr
  • 13/07/2012 - 11h37 - Por daniela eu amei esse filme o taylor fica muito engracado com aquele dente ele fica um fofo
  • 20/09/2014 - 17h08 - Por joyce caroline campos alves oi meu nome e joyce e eu sou muita fa do taylor lautner e eu gosto dele
  • 20/09/2014 - 17h11 - Por joyce caroline campos alves eu gostei do filme ele é muito lindo adoro ele como faço para assistir ele de novo
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança