Quarteto Fantástico

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Reed Richards deixa o orgulho de lado e procura o milionário Victor Von Doom, antigo colega de escola que sempre foi seu rival, para buscar apoio ao seu projeto de uma viagem espacial. Von Doom topa e embarca na nave, onde viajam Reed, sua ex-namorada Sue Storm, o irmão dela, Johnny, e o maior amigo de Reed, o fiel Ben Grimm. Mas a tempestade elétrica esperada para dali a alguns dias acontece muito antes e todos eles são expostos à radiação. Como resultado, todos têm seu DNA alterado e adquirem superpoderes. Só Von Doom pensa em usar sua nova força para o mal, sendo combatido pelos outros quatro.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

04/07/2005

Programa de férias que cai bem para adolescentes mas não ofende nenhum adulto com senso de humor, o filme parte de uma história em quadrinhos de 1961 do mago Stan Lee – que, aliás, faz uma pontinha como carteiro. No todo, é bem divertido. Tem boas seqüências para exibição dos superpoderes da turma – como a cena da ponte. Além disso, cria novas chances de mostrar esses mesmos poderes não só em confrontos com o vilão (Julian McMahon), mas em briguinhas entre eles mesmos, o que já não é tão comum em super-heróis do mesmo time.

As brigas, em todo caso, até parecem bastante normais, porque eles não são uma família, como os Incríveis, mas é como se fossem. O cientista Reed Richards (Ioan Gruffudd) foi colega de escola do malvado Victor von Doom (McMahon) e namorado de Sue Storm (Jessica Alba) e há muito tempo é amigo do astronauta Ben Grimm (Michael Chiklis). Parente mesmo só o folgado Johnny Storm (Chris Evans), irmão de Sue. O que vai unir estes cinco destinos, em que von Doom entra só como patrocinador e vilão, é uma viagem espacial. No percurso, é esperada uma tempestade elétrica, mas ela acontece muito antes da hora e além da capacidade dos escudos protetores da nave. Resultado: todo mundo é exposto aos raios, com alterações significativas no DNA, embora não na personalidade, de todos.

Reed vai tornar-se o Sr. Fantástico, mas o mais correto seria chamá-lo de “homem de borracha”: ele vira um elástico humano, capaz de esticar-se ao longo de toda a extensão de um prédio ou de colocar a mão por baixo da mais estreita fresta de uma porta. Sue transforma-se na Garota Invisível, mas ela adquire também a capacidade de controlar enormes campos de força. Seu irmão Johnny vira o Tocha Humana, capaz de transformar-se em chama pura, em alta velocidade. A pior metamorfose no quarteto heróico cabe a Ben, que se torna o Coisa: um fortalhão gigantesco e ultrapesado, com uma aparência e força física ótimas para intimidar desafetos, mas péssima para sua vida sentimental. Sua esposa não encara e o deixa.

O milionário von Doom também sofreu efeitos. Um estilhaço de titânio da nave penetrou seu rosto e ele está virando um homem metálico e fortíssimo. A diferença entre ele e o Coisa é que ele usa sua mão pesada só para o mal. Os quatro cavaleiros do DNA alterado vão ter muito trabalho para domar esta fera – que, aliás, serviu de inspiração para ninguém menos do que o Darth Vader de Guerra nas Estrelas. Sua máscara metálica e o capuz não são mesmo mera coincidência.

Uma curiosidade a respeito destes personagens é que, em 1994, foi produzido um filme sobre eles, pelo produtor Roger Corman, mas nunca foi lançado. Stan Lee teria afirmado que o objetivo desse filme anterior era apenas garantir os direitos cinematográficos, negando outros tipos de problemas naquela primeira adaptação. Mas que foi estranho, lá isso foi.

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança