Encontros e Desencontros

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 6 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Perdido em Tóquio, onde foi filmar um comercial de uísque, Bob vive noites de insônia, às voltas com choques com a cultura oriental e conflitos interiores em torno de um casamento em crise. Aí conhece a jovem mulher de um fotógrafo, que se sente exatamente igual a ele.


Extras

Lost na locação
Matthew's Best Hit TV
Videoclipe
Cenas excluídas
Uma conversa com Bill Murray e Sofia Coppola


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

22/01/2004

Este segundo trabalho da diretora americana, que estreou com o muito elogiado As Virgens Suicidas (1999), confirmou o talento da filha de Francis Ford Coppola - que, aliás, assina a produção executiva do filme, selecionado na seção Contracorrente do Festival de Veneza 2003.

 

Um dos principais méritos deste filme é reinventar a imagem do ator Bill Murray, que foge aqui ao seu tradicional figurino cômico para compor o personagem de um ator decadente, Bob Harris. Perdido em Tóquio, onde foi filmar um comercial de uísque que lhe dá um grande cachê e nenhuma satisfação, ele vive noites de insônia, às voltas com choques com a cultura oriental e conflitos interiores em torno de um casamento de 25 anos que dá sinais de esgotamento.

 

Num outro quarto do mesmo hotel japonês, outra personagem sofre da mesma insônia, embora por motivos diferentes. Trata-se da jovem Charlotte (Scarlett Johansson, de O Encantador de Cavalos) que, com dois anos de casada, faz-se o mesmo tipo de perguntas que Bob, embora esteja numa faixa etária completamente diversa. Seu marido, um fotógrafo workaholic (Giovanni Ribisi), abandona-a quase o tempo todo pelo trabalho e a depressão toma conta dela.

 

Charlotte e Bob finalmente se encontram nos imensos corredores do hotel e descobrem aventuras inusitadas em Tóquio com seu olhar sedento de estrangeiros. É um relacionamento que a diretora-roteirista Sofia Coppola constrói com humor e uma infinidade de sutilezas que afastam sua obra dos habituais clichês hollywoodianos. Um filme delicado e instigante que só terá de imediato contra si o título insosso colocado pela distribuidora UIP - por ironia, Encontros e Desencontros parece mais uma vítima da síndrome que percorre inúmeras situações no filme, às quais remete o título original "Lost in Translation" (literalmente, "perdido na tradução").

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança