Olhar de Cinema 2017

Festival Olhar de Cinema premia o norte-americano "El Mar La Mar"

Neusa Barbosa
 Curitiba - Foram anunciados na noite de ontem (14), os vencedores do 6º Olhar de Cinema. Com uma seleção de 125 títulos, o festival internacional de Curitiba se reafirmou como uma das mais importantes vitrines do cinema independente no país.
 
El Mar La Mar recebeu o prêmio de melhor filme do festival. Dirigido por Joshua Bonnetta, J. e P. Sniadecki, o longa elabora em linguagem poética a saga da fronteira entre o México e os EUA, pontuada por episódios trágicos e solidários envolvendo imigrantes e moradores locais. Filmando em 16mm, os realizadores transmitem sensações de transitoriedade e mudança.
 
O prêmio especial do júri foi para o documentário sírio 300 Milhas, dirigido por Orwa Al Mokdad e que retrata a tragédia da guerra naquele país a partir de dentro, ouvindo tanto militares pró-governo como rebeldes e pacifistas.
 
O prêmio de melhor longa metragem brasileiro foi atribuído a Meu Corpo é Político. Dirigido por Alice Riff, o longa acompanha o cotidiano de quatro militantes LGBTT em zonas periféricas de São Paulo.
 
Confira a lista completa dos premiados:
 
Competitiva Longa-metragem
 
Prêmio Olhar de Melhor Filme
EL MAR LA MAR
Joshua Bonnetta, J. P. Sniadecki | Estados Unidos, 2017, 94’
 
Prêmio Especial do Júri
300 MILHAS
Orwa Al Mokdad | Síria, 2016, 95’
 
Menção Honrosa
REY
Niles Atallah | Chile, 2015, 91’
 
Prêmio de Contribuição Artística
MÁQUINAS
Rahul Jain | Índia, Alemanha, Finlândia, 2016, 75’
 
Menção Honrosa
NAVIOS DE TERRA
Simone Cortezão | Brasil, 2017, 70’
 
Prêmio do Público
FERNANDO
Igor Angelkorte, Julia Ariani, Paula Vilela | Brasil, 2017, 70’
 
Competitiva Curta-metragem
 
Prêmio Olhar de Melhor Filme
O DISCO RESPLANDECE
Chema García Ibarra | Turquia, Espanha, 2016, 12’
 
Prêmio Olhares Brasil – Melhor longa-metragem brasileiro das mostras Competitiva, Outros Olhares e Novos Olhares
MEU CORPO É POLÍTICO
Alice Riff | Brasil, 2017, 72’
 
Menção Honrosa
FERNANDO
Igor Angelkorte, Julia Ariani, Paula Vilela | Brasil, 2017, 70’
 
Prêmio Olhares Brasil – Melhor curta-metragem brasileiro das mostras Competitiva e Outros Olhares
BALANÇA BRASIL
Carlos Segundo | Brasil, 2017, 25’
 
Prêmio de Melhor Filme da mostra Novos Olhares
PARQUE TONSLER
Kevin Jerome Everson | Estados Unidos, 2017, 80’
 
Menção Honrosa
PEOPLE POWER BOMBSHELL: O DIÁRIO DE VIETNAM ROSE
John Torres | Filipinas, 2016, 89’
 
Prêmio de Melhor Filme da mostra Outros Olhares|Longa
CONVICÇÕES
Tatyana Chistova | Rússia, Polônia, 2016, 63’
 
Prêmio da Crítica / Abraccine
Melhor longa-metragem da mostra Competitiva
GRANDE GRANDE MUNDO
Reha Erdem | Turquia, 2016, 101’
 
Prêmio AVEC-PR
Melhor curta-metragem da mostra Mirada Paranaense
A RUA MUDA
Eduardo Colgan | Brasil, 2017, 16’

Deixe seu comentário:

Imagem de segurança