FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental

Documentários sobre Chernobyl e refugiados vencem 18o FICA

Sem assinatura
Documentários sobre Chernobyl e refugiados vencem 18o FICA
Encerrada na noite deste domingo (21), com um show de Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, a 18ª edição do FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, em Goiás, premiou como melhor obra o documentário La Supplication (imagem ao lado), de Pol Cruchten (Luxemburgo), que resgata memórias de antigos moradores de Chernobyl após o desastre nuclear de 1986. O longa também foi considerado o melhor pela imprensa que cobriu o festival.
 
Na mostra competitiva, foi premiado também, como melhor longa, outro documentário, o belga Remember your name, Babylon, de Marie Brumagne e Bram Van Cauwenberghe, que retrata a saga de refugiados cuja vida entrou num impasse, num acampamento precário no litoral espanhol.
 
O melhor curta foi a animação francesa La Petite Pousse, de Chaitane Conversat, que acompanha as aventuras de uma menina e seu pano mágico.
 
Abaixo a lista completa dos vencedores:
 
Mostra Competitiva Fica 2016
Melhor filme do Júri Popular – Troféu Luiz Gonzaga Soares (R$ 10 mil):  Taego Ãwa
2a Melhor Produção Goiana – Troféu José Petrillo (R$ 35 mil): E o Galo Cantou
Melhor Produção Goiana – Troféu João Bennio (R$ 50 mil): Taego Ãwa
Melhor curta-metragem – Troféu Acary Passos (R$ 35 mil): La Petit Pousse (França)
Melhor média-metragem – Troféu Jesco Von Putkamer (R$ 35 mil): Phum Shang (Índia)
Melhor longa-metragem – Troféu Carmo Bernardes (R$ 45 mil): Remember Your Name, Babylon (Bélgica)
Melhor obra – Troféu Cora Coralina (R$ 70 mil): La Supplication (Luxemburgo)
 
Premiação 14ª Mostra ABD Cine Goiás
Prêmio de melhor ator (R$ 7500): Jonatas Borges, pelo filme Jonatas
Prêmio de melhor atriz (R$ 7500): Mariana Nunes, pelo filme Blaxploitation: A Rainha Negra
Prêmio de melhor trilha sonora original (R$ 7500): Sankirtana, pelo filme Reincidência
Prêmio de melhor som (R$ 7500):  Vasconcelos Neto, por sua participação diversificada em três produções Tereza Bicuda, Leblon Marista e Jonatas
Prêmio de melhor montagem/edição (R$ 7500): Fabrício Cordeiro e Luciano Evangelista, pelo filme Leblon Marista
Prêmio de melhor direção de fotografia (R$ 7500): Rei Souza, pelo filme Muitos Me Seguem , Mas Só Deus Me Acompanha
Prêmio de melhor direção de arte (R$ 7500): Úrsula Ramos, pelo filme E O Galo Cantou
Prêmio de melhor roteiro (R$ 7500): Getúlio Ribeiro, pelo filme: Jonatas
Prêmio de melhor direção (R$ 12 mil): Daniel Nolasco, pelo filme Febre da Madeira
Prêmio Martins Muniz de melhor filme experimental (R$ 12 mil): Silêncio Não Se Escuta, de Rochane Torres e Tive Fome Colhi Sede, de Rafael Freire
Prêmio Eduardo Benfica para o melhor filme documentário (R$ 12 mil): Febre da Madeira, de Daniel Nolasco
Prêmio Fifi Cunha de melhor filme de animação (R$ 12 mil): Vida de Boneco, de Flávio Gomes de Oliveira
Prêmio Beto Leão para o melhor filme de ficção (R$ 12 mil): Jonatas, de Getúlio Ribeiro
 
Premiação Se Liga no Fica
Escola Lar São José, com o filme Plantar, cuidar e colher. Prêmio: 1 câmera fotográfica
Colégio Estadual Dom Abel, com o filme Esquadrão Cerrado. Prêmio: 1 projetor de vídeo
Escola Estadual Mestre Nhola, com o filme Água que te quero água. Prêmio: 1 kit GoPro
 
 
Foto - La Supplication: Jerzy Palacz

Deixe seu comentário:

Imagem de segurança