Festival do Rio 2016 anuncia seus premiados

Festival do Rio inicia edição mais compacta mas cheia de atrações

Neusa Barbosa
 Com a exibição (única) do filme A chegada, de Denis Villeneuve, que foi atração dos festivais de Toronto e Veneza, começa nesta quinta (6-10), na Cidade das Artes, o 18º Festival do Rio. A sessão é para convidados mas haverá também a venda de 200 ingressos.
 
Numa versão mais enxuta – com somente 10 dias este ano, finalizando dia 16 -, o festival mostrará 250 filmes, de mais de 60 países, distribuídos em 15 mostras e 20 salas. Além disso, promoverá palestras e workshops para profissionais do audiovisual no RioMarket.  
 
Na programação, que atiça o apetite de qualquer cinéfilo, serão apresentados novos trabalhos de diretores consagrados, como Terrence Malick (Voyage of Time), Ken Loach (Eu, Daniel Blake, vencedor da Palma de Ouro em Cannes 2016), Maren Ade (Toni Erdmann, que fez sensação em Cannes este ano), Jim Jarmusch ( em dose dupla com a comédia dramática Paterson e o documentário Gimme Danger, em torno do astro Iggy Pop), Cristi Puiu (Sieranevada),Wim Wenders (Os belos dias de Aranjuez 3D), Lav Diaz ( A mulher que se foi, grande vencedor em Veneza 2016), Bertrand Bonello (em dose tripla, com Sarah Winchester, Ópera Fantasma e Nocturama), Hong Sang-soo (Você e os seus), Werner Herzog (Eis os delírios do mundo conectado), Alain Guiraudie (Na vertical), André Téchiné ( Quand on a 17 ans), João Pedro Rodrigues (O Ornitólogo), Amat Escalante (A região selvagem), Todd Solondz (Wiener-Dog), Derek Cianfrance (A luz entre oceanos ), Andrei Konchalovsky (Paraíso, prêmio de direção em Veneza 2016), Kelly Reichardt (Certas mulheres), Paul Schrader (Dog Eat Dog), Raymond Depardon (França), Terence Davies (Uma paixão tranquila e A canção do pôr do sol), Stéphane Brizé (A vida de uma mulher), Andrzej Wajda (Afterimage), Bruno Dumont (Mistério na Costa Chanel), Eugène Green (O filho de Joseph), Wang Bing (Ta’ang e Dinheiro Amargo), Margarethe Von Trotta (O mundo fora do lugar), Andrzej Zulawski (Cosmos), Sergei Loznitsa (Austerlitz), Noah Baumbach (De Palma), Mahamat-Saleh Haroun (Hissein Habré, uma tragédia no Chade), Rebecca Zlotowski (Planetarium), Douglas Gordon (Jonas Mekas: I had nowhere to go), Carlos Saura (Jota: para além do flamenco), Avi Mograbi ( Entre cercas) e Joachim Lafosse (A economia do amor), entre outros.
 
Um convidado de honra será o roteirista e cineasta James Schamus - habitual parceiro de Ang Lee nos roteiros de sucessos como O tigre e o dragão e O segredo de Brokeback Mountain - e que estará presente, na sexta (14), à sessão de gala de seu longa de estreia como diretor, Indignação, que foi exibido no Festival de Sundance e tem estreia no Brasil prevista para 3 de novembro. 

Novas mostras

Além das mostras tradicionais como Panorama do Cinema Mundial, Première Brasil, Première Latina, Expectativa, Mostra Geração, Midnight Movies & Docs, Fronteiras, Meio Ambiente e Itinerários Únicos, o festival traz novas mostras nesta edição:

Mostra Cinema Novo / Interseções / Cinema Marginal, um olhar sobre dois movimentos fundamentais do cinema brasileiro, com filmes de Carlos Diegues, Nelson Pereira dos Santos, Ruy Guerra, David Neves, Walter Lima Jr., Flávio Migliaccio, Carlos Reichenbach, José Agrippino de Paula, Álvaro Guimarães, André Farias e Elyseu Visconti;

Mostra Universal Monsters, com sete clássicos restaurados, produzidos pelo estúdio entre 1930 e 1954, incluindo pérolas como Drácula,  A noiva de Frankenstein e O monstro da Lagoa Negra 3D;

Mostra Artistas Viajantes, que inclui uma homenagem ao artista plástico Tunga, com exibição de dois filmes sobre o artista, dirigidos por Murilo Salles, e trabalhos de Ken Jacobs, Murilo Salles e Eryk Rocha.

A mostra Film Doc, com documentários sobre cinema, inclui produções sobre Brian de Palma, Mike Nichols, Richard Linklater, além da impressionante viagem de Bertrand Tavernier pela história do cinema francês em Voyage à travers le cinèma français e Women Who Run Hollywood, um estudo sobre o papel primordial de diretoras, produtoras e roteiristas na Era de Ouro de Hollywood;

Uma seleção de documentários musicais inclui Nick Cave em 3D, 2 filmes dos The Rolling Stones, Frank Zappa, Iggy Pop and The Stooges; homenagens a dois astros pop mortos este ano, David Bowie (Fome de Viver) e Prince (Purple Rain e Sign 'O' The Times); além de uma sessão de Na Cama com Madonna, quecompleta a programação;

Pelo terceiro ano, o Prêmio Felix vai eleger o melhor filme de temática LGBTQ de uma seleção de 28 longas, escolhido por um júri oficial e a modelo internacional Lea T. , que receberá o Prêmio Suzy Capó personalidade Felix do ano.  

As sessões de gala da Première Brasil acontecem pela primeira vez no Cine Roxy e no Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro (sessões de filmes hors concours), que também vai exibir as já tradicionais sessões populares seguidas de conversas do público com realizadores e atores/atrizes dos filmes.
Além do circuito habitual, na Praça Mauá, o mais novo ponto de encontro e de lazer da cidade, o Festival vai exibir filmes para todas as idades, no CinePetrobras Festival do Rio (o circuito completo será divulgado posteriormente).
 
Dia 11 de outubro, às 20h, na Sala Cecília Meireles, haverá a sessão Cine Petrobras Sinfônica Festival do Rio, com exibição do filme IK 80, em homenagem ao maestro Isaac Karabtchevsky, com apresentação da Orquestra Petrobras Sinfônica, com ingressos populares.

O RioMarket, área de negócios do Festival do Rio, acontece de 5 a 12 de outubro, na sede do Festival, no Colégio Brasileiro de Altos Estudos - UFRJ, situado à Avenida Rui Barbosa, 762, no Flamengo.

A programação gratuita também é composta por workshops e seminários com grandes nomes do audiovisual brasileiro como Ana Maria Moretzshon (roteirista), Hsu Chien (diretor), Walter Carvalho (diretor de fotografia), Lucas Paraízo (roteirista), entre outros. 
  
Serviço:

Abertura Festival do Rio 
quinta, 6 de outubro, 20h30
Cidade das Artes
Av. das Américas, 5300 - Barra da Tijuca
ingressos: R$ 50,00 (inteira) / R$25,00
para comprar 

www.festivaldorio.com.br
 


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança