CINE CEARÁ 2015

Drama chileno "O Clube" vence o 25o. Cine Ceará

Neusa Barbosa, de Fortaleza
 Confirmando um favoritismo que se produziu desde o primeiro dia do festival, quando foi exibido, o drama chileno O Clube, de Pablo Larrain, foi o grande vencedor do 25°Cine Ceará -Festival Ibero-Americano de Cinema, ganhando em quatro categorias principais: Melhor Longa-Metragem, Roteiro, Ator - o prêmio foi concedido para todo o elenco masculino – e Crítica (júri Abraccine).
O segundo filme mais premiado foi a produção portuguesa Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa, vencedor em três categorias: Fotografia, Direção de Arte e Som. O filme argentino Jauja recebeu o prêmio de Melhor Direção para Lisandro Alonso e Loreak levou o troféu de Melhor Atriz para Itziar Ituño. Já o cubano A Obra do Século conquistou Melhor Edição e Trilha Sonora Original.
O documentário brasileiro Cordilheiras no Mar: A fúria do fogo Bárbaro, de Geneton Moraes Neto, recebeu um Prêmio Especial do júri da Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-metragem pela importância de discutir o papel fundamental de Glauber Rocha na história política e cultural do Brasil.
Recentemente reformado, o Cineteatro São Luiz, fundado em 1958 e com 1050 lugares, voltou este ano a ser a sede do festival.
 
 Abaixo, a lista completa dos principais prêmios:
 
Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem
Troféu Mucuripe
Melhor Longa-Metragem – O Clube – Prêmio de US$10.000,00 (dez mil dólares americanos)
Melhor Direção - Lisandro Alonso por “Jauja”
Melhor Fotografia Leonardo Simões por “Cavalo Dinheiro”
Melhor Edição Yan Vega por “A Obra do Século”
Melhor Roteiro Guilhermo Calderón, Daniel Villalobos e Pablo Larraín por “O Clube”
Melhor Som Óliver Blanc e Vasco Pedroso, por “Cavalo Dinheiro”
Melhor Trilha Sonora Original Vicente Rorras, em “A Obra do Século”
Melhor Direção de Arte Pedro Costa por “Cavalo Dinheiro”
Melhor Ator Elenco masculino do filme O Clube
Melhor Atriz Itziar Ituño (Loreak)
Prêmio especial do júri Cordilheiras no Mar: a fúria do fogo Bárbaro
Prêmio da Crítica para Melhor Longa (Abraccine) O Clube
Menção Honrosa da Crítica (Abraccine) Crumbs
 
Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem
Troféu Mucuripe
Melhor Curta-Metragem “Kyoto”, de Deborah Viegas
Melhor Direção “Virgindade”, de Chico Lacerda
Melhor Roteiro “Quintal”, de André Novais Oliveira
Melhor Produção Cearense “Miragem”, de Virgínia Pinho
Prêmio especial do júri “Feio, Velho e Ruim”, de Marcus Curvelo
Prêmio da crítica para Melhor Curta - “Quintal”, de André Novais Oliveira
 
 Prêmio Aquisição Canal Brasil
Melhor filme da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem: “Quintal”, de André Novais Oliveira  R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

Deixe seu comentário:

Imagem de segurança