CINE PE 2015

Cine PE consagra longa "Permanência" e curta "Até a China"

Neusa Barbosa, do Recife
  Com cinco troféus, incluindo o de melhor filme, o longa pernambucano Permanência, de Leonardo Lacca, foi o grande vencedor do 19º Cine PE. No longa-metragem, Irandhir Santos interpreta um fotógrafo que vai a São Paulo para montar sua primeira exposição individual e se hospeda na casa da ex-namorada (Rita Carelli), agora casada. Rita Carelli e Laila Pas, do mesmo filme, receberam troféus de interpretação, mas o prêmio de melhor ator ficou para Lázaro Ramos, protagonista de O Vendedor de Passados, de Lula Buarque de Holanda, que adapta livremente o romance homônimo do angolano José Eduardo Agualusa.
 
O melhor curta foi a animação Até a China, do diretor carioca Marão, que revisita em chave de humor uma viagem real do diretor àquele país, pondo em destaque os choques culturais.
 
Composto por Luiz Joaquim, Ismaelino Pinto e Fernando Weller, o júri da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) concedeu os prêmios de melhor longa para o português Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa, e de melhor curta para Xirê, do pernambucano Marcelo Pinheiro, este um dos diversos títulos do festival que se voltaram a um resgate da cultura afro-brasileira e do candomblé – assim como o documentário Mães do Pina, de Leo Falcão, premiado pelo júri popular.  
 
Com júri formado pelos jornalistas Maria do Rosário Caetano, Luiz Zanin Oricchio, Edu Fernandes, Bruno Carmelo e Karina Maia, o Prêmio Canal Brasil elegeu como melhor curta o documentário Bajado, de Marcelo Pinheiro (PE), que revê a trajetória do tradicional pintor de Olinda.
 
 Em seis dias de competição, o festival de cinema de Recife reuniu mais de 8 mil pessoas, que se reuniram no cinema São Luiz para assistir a 27 longas e curtas-metragens. 
 
O júri oficial do 19o Cine PE foi formado por: Carla Gallo (diretora e roteirista), Cláudia Chaves (jornalista, crítica de cinema e professora da PUC-Rio), Djin Sganzerla (atriz), João Vieira Júnior (produtor de cinema), José Eduardo Belmonte (cineasta).
 
Abaixo, a lista dos completa dos vencedores: 
 
MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
 
Melhor Filme: Permanência (PE), de Leonardo Lacca
Direção: Pedro Costa, por Cavalo Dinheiro (Portugal)
Roteiro: Pedro Costa, por Cavalo Dinheiro (Portugal)
Fotografia: Pedro Costa e Leonardo Simões, por Cavalo Dinheiro (Portugal)
Montagem: Karen Akerman, por Aqui Deste Lugar (SP)
Edição de Som: Miram Biderman, ABC e Ricardo Reis, por O Vendedor de Passados (RJ)
Trilha Sonora: Petrônio e as Criaturas, por O Gigantesco Ímã (PE)
Direção de Arte: Juliano Dornelles, por Permanência (PE)
Ator Coadjuvante: Genésio de Barros, por Permanência (PE)
Atriz Coadjuvante: Laila Pas, por Permanência (PE)
Ator: Lázaro Ramos, por O Vendedor de Passados (RJ)
Atriz: Rita Carelli, por Permanência (PE)
Prêmio do júri popular: Mães do Pina (PE), de Leo Falcão
 
Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa
Menção Honrosa da Abraccine: O Gigantesco Ímã (PE)
 
MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS
 
Melhor Filme: Até a China (RJ), de Marão
Direção: Cíntia Domit Bittar, por O Segredo da Família Urso (SC/SP)
Roteiro: Marão, por Até a China
Atriz: Liz Comerlatto, por O Segredo da Família Urso
Ator: Vinicius Tardio, por Vestibular (SP)
Fotografia: Kaue Zilli e Pepe Mendes, por Vestibular
Direção de Arte: Dicezar Leandro, por O Segredo da Família Urso
Edição de Som: Gustavo de Souza, por O Segredo da Família Urso
Trilha Sonora: Eduardo Braga, por Bajado (PE)
Montagem: Cao Guimarães, por Palace Hotel (MG)
Prêmio do Júri Popular: Até a China, de Marão
 
Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Xirê, de Marcelo Pinheiro (PE)
Prêmio Canal Brasil para o Melhor Curta: Bajado, de Marcelo Pinheiro (PE)
 
MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS
 
Melhor Filme: Salu e o Cavalo Marinho, de Cecília da Fonte
Direção: Lírio Ferreira, por O Poeta Americano
Prêmio do Júri Popular para o Melhor Filme: Salu e o Cavalo Marinho
 
Menção honrosa do júri da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema):O Poeta Americano, de Lírio Ferreira.

Deixe seu comentário:

Imagem de segurança