"A Árvore da Vida" vence a Palma de Ouro 2011

Clássicos

Neusa Barbosa

FICÇÃO

VIAGEM À LUA, de Georges Méliès (França, 1902)
 
LARANJA MECÂNICA, de Stanley Kubrick (EUA, 1971)
 
LA MACCHINA AMMAZZACATTIVI, de Roberto Rossellini (Itália, 1952)
 
DESAFIO NO BRONX, de Robert De Niro (EUA, 1993)
 
O CONFORMISTA, de Bernardo Bertolucci (Itália, 1970)
 
RUE CASES NÉGRES, de Euzhan Palcy (França, 1983)
 
PUZZLE OF A DOWNFALL CHILD, de Jerry Schatzberg (EUA, 1970)
 
THE LAW OF THE BORDER (HUDUTLARIN KANUNU), de Lufti O. Akad
(Turquia, 1966)
 
NO MAN’S LAND (NIEMANDSLAND), de Victor Trivas (Alemanha, 1931)
 
O BOULEVARD DO CRIME, de Marcel Carné (França, 1945)
 
DESPAIR, UMA VIAGEM PARA A LUZ, de Rainer Werner Fassbinder (Alemanha, 1978)
 
O SELVAGEM, de Jean-Paul Rappeneau (França, 1975)
 
CRÔNICA DE UM VERÃO, de Jean Rouch e Edgar Morin (França, 1966)
 
O ASSASSINO, de Elio Petri (Itália, 1961)


DOCUMENTÁRIOS

THE LOOK BY,
de Angelica Maccarone (Alemanha/França, 2011)
 
CORMAN'S WORLD: EXPLOITS OF A HOLLYWOOD REBEL, de Alex Stapleton (EUA, 2011)
 
BELMONDO ... ITINÉRAIRE, de Vincent Perrot e Jeff Domenech (França, 2011)
 
KUROSAWA, LA VOIE, de Catherine Cadou (França, 2011)
 
IL ÉTAIT UNE FOIS… ORANGE MÉCANIQUE, de Antoine de Gaudemar e Michel Ciment (França, 2011)

Deixe seu comentário:

Imagem de segurança