Toni Venturi é o grande vencedor do CinePE

CinePE celebra a cidade de São Paulo premiando "Estamos juntos"

Alysson Oliveira
CinePE celebra a cidade de São Paulo premiando "Estamos juntos"

Recife - Como era esperado, o paulistano Estamos juntos, longa de Toni Venturi (foto), saiu do XV CinePE com 7 prêmios  - entre eles o da crítica, filme e diretor. Família Vende Tudo, de Alain Fresnot, recebeu 4 prêmios – entre os quais o de ator, para Caco Ciocler, e o de atriz, para Marisol Ribeiro, que dividiu com Leandra Leal, de Estamos Juntos. Vamos fazer um brinde, de Cavi Borges e Sabrina Rosa, recebeu dois Calangos.

Numa cerimonia bem protocolar, com algumas gafes  e sem muita emoção, a presença da jornalista Maria do Rosario Caetano quebrou o marasmo ao entregar o Prêmio Aquisição do Canal Brasil para o curta pernambucano Mens sana in corpore sano.

Num Festival marcado pela chuva, a noite de encerramento, nessa sexta-feira (6), não teve boatos de alagamentos, mas, sim, um manifesto dos curtametragistas da cidade contra as regras e gafes do evento, que realiza uma mostra de curtas locais paralela e com pouca visibilidade. Os diretores pediram mais respeito com a exibi ção de seus filmes, cujos créditos finais foram cortados mais de uma vez para adiantar a programacao atrasada ou para se fazer um anúncio.

Lista dos premiados

LONGAS-METRAGENS

Melhor Filme: Estamos Juntos, de Toni Venturi

Direção: Toni Venturi (Estamos Juntos)

Ator: Caco Ciocler (Família Vende Tudo)

Atriz: Leandra Leal (Estamos Juntos) e Marisol Ribeiro (Família Vende Tudo)

Atriz Coadjuvante: Ana Miranda (Vamos Fazer um Brinde)

Ator Coadjuvante: Robson Nunes (Família Vende Tudo)

Roteiro: Hilton Lacerda (Estamos Juntos)

Fotografia: Lula Carvalho (Estamos Juntos)

Montagem: Marcio Hashimoto (Estamos Juntos)

Trilha Sonora: Arrigo Barnabé (Família Vende Tudo)

Direção de Arte: Alain Fresnot e Fábio Goldfard (Família Vende Tudo)

Edição de Som: o júri não escolheu o melhor nesta categoria

Prêmio Especial do Júri Oficial: JMB, o Famigerado, de Luci Alcantara

Melhor Filme/Júri Popular: JMB, o Famigerado

Prêmio da Crítica: Estamos Juntos

Troféu Gilberto Freyre: Vamos Fazer um Brinde

 

CURTAS-METRAGENS 35 mm

 

Melhor Filme: Tempestade, de Cesar Cabral (SP)

Direção: Daniel Turini, por Fábula das Três Avós (SP)

Ator: Henrique Ponzi, de Café Aurora (PE)

Atriz: Haydil Linhares, de Náufragos (SP)

Roteiro: Daniel Turini, de Fábula das Três Avós (SP)

Fotografia: Alziro Barbosa, de Tempestade (SP)

Montagem: Marcius Barbieri, de Braxília (DF)

Edição de Som: Fernando Henna, de Fábula das Três Avós (SP)

Trilha Sonora: Dado Villa-Lobos, de Braxília (DF)

Direção de Arte: Daniel Bruson, de Tempestade (SP)

Prêmio do Júri Popular: Braxilia (DF), de Danyella Proença

Prêmio da Crítica: Calma Monga, Calma! (PE), de Petrônio de Lorena

Prêmio Especial do Júri Oficial: Janela Molhada (PE), de Marcos Enrique Lopes

Prêmio Aquisição do Canal Brasil, no valor de R$ 15 mil: Mens Sana In Corpore Sano (PE), de Juliano Dornelles

 

CURTAS-METRAGENS DIGITAIS

Melhor Filme: Flash (SP)

Direção: Alison Zago, por Flash (SP)

Roteiro: Samir Machado, de Traz Outro Amigo Também (RS)     

Montagem: Rodrigo John, de Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo (RS)

Prêmio Especial do Júri Oficial: A Casa da Vó Neyde, de Caio Cavenchini (SP)

Júri Popular: Vou Estraçaiá (PE), de Tiago Leitão

Prêmio da Crítica: Ovos de Dinossauro na Sala de Estar, de Rafael Urban e Henrique Ribeiro (PR)

1ª menção honrosa para o curta Vou Estraçaiá (PE), com direção de Thiago Leitão, pela habilidade com que apresenta ao público o personagem central.

2ª menção honrosa para o curta Ovos de Dinossauro na Sala de Estar (PR), com direção de Rafael Urban e Henrique Ribeiro, pela originalidade na concepção do filme.

Foto: Andre Michiles/Divulgação


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança