Especiais

"Parasita" faz história e vence como melhor filme e filme internacional

O que parecia improvável – embora justo – aconteceu: o drama sul-coreano Parasita fez história no Oscar, ganhando melhor filme, filme internacional, direção e roteiro original, num feito inédito para uma produção estrangeira. E exatamente num ano em que se reclamou, com justiça, de falta de diversidade e representatividade nas indicações, pensando-se em gênero e etnicidade.

Oscar 2019 - "Green Book" ganha melhor filme

No final, foi um Oscar bem distributivo e sem surpresas. Dividiu-se o prêmio de melhor filme para um lado ("Green Book", foto), de direção para outro ("Roma"), mas os dois filmes favoritos do páreo empataram com três estatuetas cada um. O musical "Bohemian Rhapsody" ficou com quatro, mas de fora das duas categorias principais: seu maior troféu foi o de melhor ator para Rami Malek, bola cantadíssima em todas as prévias de premiação.

Festa sem surpresas consagra "A forma da água"

Desta vez sem mico na reta final, o Oscar 2018 seguiu todas as apostas anteriores e premiou exatamente quem se esperava. A fantasia "A Forma da Água", de Guillermo del Toro, campeão de indicações (13), levou para casa quatro estatuetas – melhor filme, diretor, desenho de produção e trilha sonora original.