Letras e fotogramas

Jorge Furtado dá show novamente – agora em documentário

Por Alysson Oliveira em 09/04/2014
 
Mais conhecido por seus longas de ficção – geralmente engraçados, cínicos e reveladores, como Saneamento Básico, O filme – o cineasta gaúcho Jorge Furtado participa do Festival É Tudo Verdade com seu documentário O Mercado de Notícias – na mesma medida engraçado, cínico e revelador que suas obras.
 
Aqui, o tema é a imprensa brasileira. Logo no começo do filme, o diretor explica que esse assunto lhe interessa, mas ao invés de ficar falando mal, resolveu entrevistas jornalistas contemporâneos a quem admira. O longa parte de uma peça inglesa do século XVII, de Ben Jonson, The staple of News, que o próprio Furtado traduziu com Liziane Kugland. Uma crítica à imprensa que ainda engatinhava, uma excelente encenação do texto (montada exclusivamente para o filme) pontua o documentário e mostra que nesses séculos a imprensa não mudou tanto assim, não.
 
Jornalistas como Mino Carta, Luis Nassif, Bob Fernandes, Geneton Moraes Neto, Jânio de Freitas e Renata Lo Prete compõem um painel investigativo da presença da mídia no cotidiano brasileiro, suas influências (positivas e negativas) e seus acertos, erros e manipulações (sutis e descaradas).
 
Furtado faz um filme instigante que deve gerar muita discussão – será ótimo se o gerar – que é obrigatório para jornalistas e estudantes de comunicação. A estreia no Festival acontece hoje, às 21h, no Cine Livraria Cultura. Confira a programação http://etudoverdade.com.br/br/filme/983-O-Mercado-de-Noticias